Chuva faz água tomar Campo Grande provocando medo e estragos

Chuva faz água tomar Campo Grande provocando medo e estragos

COMPARTILHAR
Cruzamentos se transformaram em rios (Fotos: Whatsapp)

Em cerca de uma hora de chuva em Campo Grande, a cidade foi literalmente tomada por água e lama que invadiu residências, destelhou casas, maternidade, estabelecimentos comerciais e principalmente alagou e deixou centenas de veículos em meio a água. Entre os problemas provocados pelo temporal, fiação da rede elétrica caiu sobre um ônibus com 40 passageiros.

O incidente ocorreu na Rua 13 de junho proximidades da Avenida Afonso Pena e deixou o veículo energizado. O Corpo de Bombeiros foi acionado e orientou que o motorista não abrisse as portas, pois seria fatal. Uma equipe da Energisa chegou rapidamente ao local e resolveu a situação deixando ônibus e passageiros em segurança.

Muitas residências foram tomadas pela água, sendo que em uma delas foi necessária a intervenção do Corpo de Bombeiros para desligamento do padrão de energia. Parcialmente alagada, a casa estava energizada e a moradora não conseguia chegar ao padrão.

Para as dezenas de equipes do Corpo de Bombeiros acionados durante o temporal, o problema maior é a teimosia ou imperícia de condutores que insistem em enfrentar alagamentos. Os Bombeiros atenderam casos em que condutores de veículos de passeio simplesmente entraram em ruas alagadas onde a água chegava na cintura das pessoas.

Em muitos pontos de Campo Grande ruas e avenidas se transformaram em rios alagando o que havia no entorno e em muitos desses locais arrastando veículos. Em ao menos quatro casos o Corpo de Bombeiros precisou resgatar pessoas dentro de veículos.

Com a diminuição da intensidade da chuva e consequentemente o nível da água baixando nos locais mais atingidos, o Corpo de Bombeiros deu início ao corte de dezenas de árvores caídas na cidade, algumas delas sobre casas, veículos e muros. Em todo local de alagamento e principalmente nos córregos transbordados, se percebeu grande quantidade de lixo rodando.