Ciclista atropelado e morto na BR-262 região do Autódromo da Capital

Ciclista atropelado e morto na BR-262 região do Autódromo da Capital

COMPARTILHAR
Condutor responderá por homicídio culposo.

O ciclista Anderson da Costa (36), morreu por volta de 22h desta quarta-feira (2), quando trafegava de bicicleta pela BR-262, região do autódromo e foi atingido por caminhonete que trafegava no mesmo sentido. Anderson seguia no sentido Campo Grande Água Clara o mesmo da Ford Ranger conduzida por Wilson S. Reis, de 55 anos.

Conforme relato do condutor da Ranger para a polícia, após deixar familiares em Campo Grande retornava para Água Clara trafegando normalmente pela rodovia, até avistar o ciclista trafegando pelo meio da pista. Sem tempo de parar e não podendo desviar pois outros veículos trafegavam no sentido contrário, acabou atingindo a bicicleta da vítima.

Com o impacto o corpo do ciclista foi arremessado contra o para-brisa do veículo e em seguida lançado no asfalto, onde acabou atingido e arrastado por um Fiat. A Ford Ranger parou 100 metros após o ponto de impacto, tendo o condutor acionado socorro para a vítima, mas ao chegar equipe do Corpo de Bombeiros constatou a morte.

Teste de bafômetro não constatou ingestão de álcool pelo motorista que foi encaminhado para depoimento na Depac-Cepol e liberado. O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal-IMOL.