Cinco morrem em confronto com a PM em Mato Grosso

Cinco morrem em confronto com a PM em Mato Grosso

COMPARTILHAR

Cinco homens morreram em confronto com a Polícia Militar na tarde desta quarta-feira (30), confronto ocorrido na Estrada de Manso. De acordo com a PM, quatro armas e um simulacro e lacres para aprisionar pessoas foram encontradas com o grupo. Três deles morreram no local e dois chegaram a ser socorridos, mas chegaram mortos no Pronto-Socorro de Cuiabá. Um deles usava tornozeleria eletrônica.

Com a identificação dos indivíduos, foi apurado que possuíam diversas passagens pela polícia. Foram identificados como Lucas Matheus Campos Arce (21), Vanderson da Conceição Ferreira (33), Francisco Júnior de Carvalho (32), Kelvin Dias Nascimento (23) e Bryan Christian Rodrigues Pinheiro de 19 anos.

Conforme apurado pelo jornal Gazeta Digital, Lucas, Kelvin e Bryan residiam no bairro Dom Aquino, em Cuiabá. Já Vanderson morava no bairro Nova Esperança, em Várzea Grande. Francisco, que usava tornozeleira eletrônica e o primeiro a ser identificado pela polícia, era morador em Acorizal, distante 62 km de Cuiabá.

Uma pistola calibre 40, de propriedade da PM, com 3 munições, foi apreendida, bem como dois revólveres calibre 38 com 7 munições, além de uma arma artesanal calibre 22 com 3 munições e um simulacro de pistola.

Morte de empresário

O bando morto é suspeito de participação no latrocínio que vitimou o empresário Carlos Lock, 62 anos, no dia 1º de outubro, na porta de um banco na avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá.