Cinco são presas acusadas de vandalismo em Dourados

Cinco são presas acusadas de vandalismo em Dourados

COMPARTILHAR
Materiais apreendidos com o grupo

Antônio Coca

Cinco mulheres que seriam estudantes universitárias foram presas na madrugada desta quinta-feira (1º) pela Guarda Municipal de Dourados quando faziam pichações e a colagem de cartazes com frases contra o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). As universitárias foram localizadas nas proximidades do Hospital Universitário, mas já tinham depredado vários locais na região central da cidade.

Elas disseram que fazem parte de um dos grupos formados em Dourados para protestar contra o presidente eleito no final de semana e que outras ações como esta devem acontecer. Todos foram ouvidas e liberadas e deverão responder por crime de depredação de locais públicos, danos patrimoniais, vandalismo e crime contra o meio ambiente.

Com elas foram encontradas latas de tinta spray, rolou usados para passar cola, tubos de colas e dezenas de cartazes. A partir das prisões, outras devem acontecer nos próximos dias.