Com baixo impacto ambiental, casas do Jardim Centenário serão entregues em setembro...

Com baixo impacto ambiental, casas do Jardim Centenário serão entregues em setembro de 2019

COMPARTILHAR

Localizadas no bairro Jardim Centenário, na Capital, as 160 casas do Jardim Mato Grosso serão entregues em setembro de 2019. A apresentação da maquete do projeto foi feita ao governador Reinaldo Azambuja e ao prefeito Marquinhos Trad nesta quinta-feira (29), na Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul (Agehab).

Reinaldo Azambuja destacou que o investimento em habitação é um benefício que atende não apenas quem recebe a casa, mas gera empregos e renda. “Ontem assinamos 300 unidades do Jardim Canguru, hoje aqui uma maquete do Jardim Mato Grosso, de 160 unidade habitacionais. Ontem, R$ 29 milhões de investimento; hoje R$ 16 milhões. O que significa? Atividade econômica, geração de emprego, oportunidades e o resgate social”, afirmou. Além das casas contratadas e ainda em construção, Campo Grande já recebeu na atual gestão 3.750 casas, em parceria entre Governo do Estado, Prefeitura e Governo Federal.

Apesar da estagnação do programa Minha Casa Minha Vida em todo o País, Mato Grosso do Sul conseguiu garantir a construção de mais de 26 mil moradias. O governador afirmou que isso foi possível por conta da criatividade e competência dos servidores da Agehab.

“Nós vivemos um momento que o grande agente financeiro da habitação popular no Brasil, o programa Minha Casa Minha Vida, praticamente parou. O que aconteceu de 2010 a 2014? Um milhão e trezentas mil casas no Brasil. E o que aconteceu de 2015 a 2018? 130 mil moradias no Brasil. Então, olha o tamanho do encolhimento do programa habitacional Minha Casa Minha Vida, que sempre foi o grande agente financeiro dos programas habitacionais. O que a gente tem que fazer quando as coisas são restritivas, que você não tem fonte de financiamento? Ter criatividade. A criatividade de vocês e a competência de vocês, vou falar aqui com muita tranquilidade: Mato Grosso do Sul tem a melhor equipe habitacional do Brasil”.

Jardim Mato Grosso

O condomínio Jardim Mato Grosso já está 37% concluído, segundo o diretor da VBC Engenharia Limitada, Rui Busaneli. Ele explicou que as paredes do novo empreendimento estão sendo erguidas com um modelo de engenharia mais sustentável, de concreto injetável, uma técnica que deixa menor quantidade de resíduos e provoca menor impacto ambiental.

As famílias contempladas possuem renda familiar de até R$ 1,8 mil. Os apartamentos terão 43,204 m² com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, circulação e área de serviço. O terreno foi doado pelo Governo Federal.

O valor total da obra é de R$ 16.369.809,95, sendo R$ 14.405.476,92 do Governo Federal, R$ 1.605.506,13 de contrapartida do Governo do Estado para a infraestrutura interna e equipamentos públicos e R$ 358.826,90 de recursos da prefeitura de Campo Grande para a infraestrutura externa. Governo do Estado tem 3.750 casas entregues em Campo Grande e centenas em construção.