Com primeiro PTT público de MS, prefeitura melhora qualidade da internet para...

Com primeiro PTT público de MS, prefeitura melhora qualidade da internet para toda a cidade

COMPARTILHAR

Buscando melhorar o acesso à internet da população, a Prefeitura de Campo Grande realizou a implantação do Ponto de Troca de Tráfego (PTT), em inglês, Internet Exchange (IX). Foi o 33º PTT implantado no país e o primeiro em Mato Grosso do Sul.

A implantação foi realizada no Data Center da Prefeitura pela equipe do Nic.Br em conjunto com a equipe da diretoria de infraestrutura da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec).

“A Prefeitura de Campo Grande vem sendo premiada pelas ações tecnológicas que promoveu durantes esses últimos três anos e que a tornaram uma cidade inteligente. Isso contribui sobremaneira para oferecermos novas ferramentas que beneficiem toda população nesse momento de alta demanda nos serviços de acesso à internet”, destaca o Prefeito Marquinhos Trad.

O objetivo primário de um PTT é permitir que esses provedores se interconectem diretamente, ao invés de depender das redes de terceiros. Isso traz inúmeros benefícios e vantagens, não só às empresas, mas principalmente aos usuários, que passam a desfrutar de uma internet mais rápida, com menor latência e maior qualidade.

“Os Pontos de Troca de Tráfego têm a finalidade de interligar diversas organizações e facilitar a troca pacotes de dados da Internet. Hoje o Data Center da Prefeitura tem os equipamentos necessários para permitir a interligação simultânea de centenas de organizações como bancos, universidades, órgãos de governo, empresas e provedores. A partir dessa possibilidade permitiremos que toda a população passe a navegar em uma internet mais veloz, com tempo de resposta mais rápido e tráfego mais resistente a falhas”, diz o diretor-presidente da Agetec, Paulo Fernando Garcia Cardoso.

Outra grande vantagem do Ponto de Troca de Tráfego é o maior controle que uma rede pode ter em relação a sua entrega de tráfego, sendo feita sempre o mais próximo possível do seu destino final. “Sem a necessidade da rede de terceiros, muitas vezes fisicamente distante, os intercâmbios de tráfego de dados são resolvidos de forma direta e local, eliminando assim, gastos desnecessários”, explica o diretor de infraestrutura da Agetec, Jeferson Bússula Pinheiro.

Jeferson Pinheiro acrescenta ainda que como resultado, o desempenho e a velocidade da conexão aumentam e proporciona maior confiabilidade. Além disso, a qualidade também tem um acréscimo significativo, tornando toda a operação da internet mais eficiente.

Os benefícios do PTT implantado pela Prefeitura já estão sendo percebidos pela população, principalmente se considerar que houve nesse momento, um significativo aumento no tráfego de dados em virtude das aplicações para trabalho em casa (home-office), onde existe a necessidade de streaming de vídeo e de áudio.

Fonte: PMCG