Comandante-Geral e tenente da PM são condecorados

Comandante-Geral e tenente da PM são condecorados

COMPARTILHAR
Comenda do Mérito do Trabalho – Ministro Fadul

O Comandante-Geral da PMMS coronel Waldir Ribeiro Acosta e o Presidente da ABSSMS, tenente PM Thiago Mônaco Marques receberam na noite desta quarta-feira (2) a “Comenda do Mérito do Trabalho – Ministro Fadul”, em solenidade realizada no Plenário “Deputado Júlio Maia” da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Coronel Waldir Acosta entre os demais agraciados (Foito:Divulgação/PMMS)

A Comenda Ministro Wilson Fadul, se destina a homenagear profissionais das diferentes áreas, trabalhadores da iniciativa privada e pública, autônomos, líderes sindicais ou mesmo empreendedores com ações comprovadas em benefício da melhoria das condições de trabalho de suas empresas.

Wilson Fadul foi o maior trabalhista que já militou em Mato Grosso antes da divisão. Começou sua carreira política em 1950, elegendo-se vereador em Campo Grande pelo PTB. Foi prefeito da cidade em 1953, em outubro do ano seguinte foi eleito deputado federal por Mato Grosso. No governo Jango assumiu, em 1963, o Ministério da Saúde. O regime militar de 1964 tirou o mandato de Fadul, que passou, então, a articular a redemocratização do país através da Frente Ampla.

Era o interlocutor de Jango, o presidente deposto. O Ato Institucional nº 5 (A-I 5) de 1967 colocou a Frente Ampla na clandestinidade e forçou Wilson Fadul ao exílio, na França, onde aproveitou para estudar Filosofia. Com a anistia de 1979 retornou ao Brasil e ajudou Leonel Brizola a fundar o PDT. Foi o primeiro candidato a governador do PDT em Mato Grosso do Sul, em 1982.

O Comandante-Geral da PMMS afirmou estar muito honrado com o recebimento da “Comenda do Mérito do Trabalho – Ministro Wilson Fadul” e destacou que “foi com muita satisfação que recebi a notícia que seria agraciado e compartilho esta alegria com a Polícia Militar de nosso Estado, que é referência de empenho e amor à profissão, bem como representa a dedicação de todos trabalhadores da Segurança Pública de Mato Grosso do Sul”.