Comando do 3ºBPM recepciona Força Nacional em Dourados

Comando do 3ºBPM recepciona Força Nacional em Dourados

COMPARTILHAR
Reunião define ações. (Foto: Suboficial Arguelho)

Antônio Coca

A equipe da Força Nacional que atuará em áreas de disputa por terras em Dourados e Caarapó até agosto deste ano já está na cidade. A equipe, inicialmente com efetivo de 51 policiais, foi recepcionada pelo Tenente Coronel Carlos Silva, comandante do 3º BPM de Dourados.

A presença da Força Nacional em Dourados e Caarapó acontece por conta de pedido do governador Reinaldo Azambuja e atendido pelo Ministério da Justiça, depois de serem registrados em Dourados, no último dia 3, conflitos entre produtores rurais e indígenas, quando indígenas guarani-kaiowá e seguranças particulares entraram em confronto em área de ocupação chamada Ñu Verá, próxima das aldeias Jaguapiru e Bororó. Três índios e um vigilante ficaram feridos.

O pedido para presença dos militares tem a intenção de reforçar a segurança nas aldeias. Segundo a Fundação Nacional do Índio (Funai), Dourados tem a maior população indígena urbanizada do país, com cerca de 15 mil habitantes, que vivem em uma área de apenas 2,6 mil hectares.

A situação acaba agravada com a presença de indígenas desaldeados procedentes de outras regiões do Estado e até de território paraguaio. Esses indivíduos, ao que consta seriam principais insufladores de ações violenta.