Comerciante é executado a tiros na frente da família em Corumbá

Comerciante é executado a tiros na frente da família em Corumbá

COMPARTILHAR
Execução em casa e diante de testemunhas/Foto: Reprodução/Anderson Gallo/Diáriocorumbaense)i

O comerciante do ramo de alimentos Aurelando Oliveira Arrais, de 42 anos, foi executado na manhã desta terça-feira (29), dentro da casa dele e diante da família. Na residência, localizada na rua Cáceres, entre a Silva Jardim e Batista das Neves, área central de Corumbá, também funcionava uma empresa distribuidora de cestas básicas.

Aurelando teria sido morto por dois homens que chegaram pouco depois de 8h30 em uma motocicleta vermelha tipo YBR, com traseira preta. Sem tirar o capacete, os dois, segundo testemunhas com “sotaque nordestino” teriam se aproveitado do momento em que o portão estava aberto, renderam um dos funcionários que trabalhava no jardim na entrada para quem perguntaram sobre a vítima, que naquele instante estaria no escritório.

Depois de procurarem pela vítima, os matadores mandaram todas as pessoas, entre 15 e 20 funcionários que estavam na casa, incluindo familiares da vítima, deitarem no chão e em seguida o executaram com nove tiros de pistola calibre 45.

Recentemente Aurelando foi levado à Júri com outra pessoa, acusado de envolvimento em um assassinato, sendo absolvido da acusação. Perícia e Polícia Civil de Corumbá fizeram levantamentos no local do crime onde existe câmeras de segurança.