Comissão no Senado aprova audiência sobre tragédia da chapecoense

Comissão no Senado aprova audiência sobre tragédia da chapecoense

COMPARTILHAR
Foto: Sheyla Leal.

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) solicitou audiência pública nesta manhã na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE) para debater sobre a situação das famílias das vítimas da tragédia do voo da Chapecoense. Há quase três anos, o Brasil e o mundo se comoveram com o acidente aéreo que dizimou a delegação da Associação Chapecoense de Futebol, time integrante da primeira divisão do futebol brasileiro, de Santa Catarina.

“O acidente provocou a morte de 71 pessoas e, até o momento, não houve indenizações e soluções por parte dos países envolvidos, fiquei sensibilizado pela situação das famílias e coloquei o assunto para discussão na Comissão de Relação Exteriores que aprovou a audiência”, explicou o senador Nelsinho Trad que recebeu recentemente a associação de familiares das vítimas da chapecoense.

O avião que carregava os principais nomes da Chape, como a agremiação é conhecida, seguia para a Colômbia em 29 de novembro de 2017, para disputar a final da Copa Sul Americana contra o Atlético Nacional de Medellín.

A aeronave da empresa Lamia que levava a equipe da Chapecoense saiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia, com destino a Medellin, na Colômbia, mas caiu pouco antes de pousar no aeroporto José María Córdova. “Com o debate, vamos estimular os avanços a negociação dos países envolvidos nessa tragédia (Bolívia e Colômbia).

Existe um total desprezo sobre o assunto: a indenização dessas famílias, se é se há reparo para a dor dessas pessoas”, esclareceu o senador Nelsinho Trad, presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. O Senado Federal aprovou a audiência na CRE e a data será divulgada nos próximos dias.

Com Assessoria/Neiba Ota