Comissão Permanente de Segurança Pública solicita maior número de vagas na Guarda...

Comissão Permanente de Segurança Pública solicita maior número de vagas na Guarda Civil Metropolitana.

COMPARTILHAR

Recentemente, por meio da Comissão Permanente de Segurança Pública da Câmara Municipal foi solicitado, através de ofício, ao Secretário da Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social, Valério Azambuja, o aumento do número de vagas para o atual concurso da Guarda Civil Metropolitana, atualmente em andamento com 273 vagas, sendo a solicitação para que chegue, no mínimo, a 350 vagas. O motivo do pedido é por entender que o número proposto inicialmente é insuficiente para suprir as inúmeras atividades da instituição.

“A Guarda Civil Metropolitana vem desenvolvendo um trabalho de excelência em nossa Capital, e nada mais justo que valorizar o profissional da Segurança Pública”, disse o vereador e vice-presidente da Comissão Permanente de Segurança Pública, Coronel Alírio Villasanti.

De acordo com a lei complementar 358/2019, o efetivo de cargos da carreira da Guarda Civil Metropolitana fica limitado a 2% da população e, se houver redução da população, conforme censo da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), fica garantida a preservação do efetivo existente.

Campo Grande conta com 916.001 mil habitantes residentes segundo fonte do IBGE, sendo que 2% totalizariam 1.832 servidores da GCM. Atualmente, a Guarda conta com 1.036 servidores, podendo chegar a 1.750 até dezembro de 2025, como consta na forma do disposto no artigo 65 da mesma Lei Complementar.

“Cuidar da Segurança Pública é a minha missão. Por meio da Comissão Permanente de Segurança Pública estamos trabalhando para levar mais dignidade ao servidor público e mais segurança à população”, concluiu Villasanti.

Com Asessoria