Coronavírus mata terceiro Policial Penal em Mato Grosso

Coronavírus mata terceiro Policial Penal em Mato Grosso

COMPARTILHAR
Rejane, terceira policial penal vítima do Covid 19 em MT.

A policial penal Rejane Cassia Fialho Jorge, 40 anos, morreu vítima do coronavírus em Mato Grosso. Internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Amecor, em Cuiabá, ela não resistiu e morreu na tarde de terça-feira (23).

A servidora estava afastada do trabalho no Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC) desde o dia 19 de março. Ela fazia parte do grupo de risco, pois tinha problema renal crônico e estava com baixa imunidade.

Conforme informação repassada para o CRC, Rejane teria contraído o vírus a cerca de uma semana. Assim que apresentou os sintomas, buscou o hospital. Em razão da pandemia, não haverá velório e não foi informado o local do enterro.

Rejane atuava no Sistema Penitenciário desde 2004 e completaria 16 anos de serviço prestado. De acordo com o site Gazeta Digital, “Recente havíamos recebido um áudio dela falando que iria vencer esse vírus, mas infelizmente ela não resistiu e deixa agora uma imensa dor nos nossos corações. Em menos de uma semana perdemos dois guerreiros do Sistema Penitenciário, primeiro o José, agora a nossa querida Rejane”, disse a presidente do Sindicato dos Servidores Penitenciários (Sindspen), Jacira Maria.

“Se antes já estávamos preocupados, agora ainda mais, perder pessoas próximas nos amedronta. Não é fácil guerrear quando não sabemos o momento em que o inimigo está próximo. Peço aos policiais penais e servidores do Sistema Penitenciário que tomem os devidos cuidados se previnam”, alerta Jacira.