Corpo de desaparecido é achado em decomposição no rio Paraguai

Corpo de desaparecido é achado em decomposição no rio Paraguai

COMPARTILHAR
Cadáver já estava em decomposição. (Corpo de Bombeiros)

Dado como desaparecido em Corumbá desde o último dia 22, José Gustavo Figueiredo, de 23 anos, foi achado morto na manhã desta quinta-feira (27), no rio Paraguai. Trabalhadores no Porto Geral avistaram o corpo boiando preso a camalotes e acionaram o Corpo de Bombeiros.

Conforme os Bombeiros, a vítima trajava camisa vinho, bermuda jeans e tinha diversas tatuagens, entre as quais com o nome Gustavo. Polícia e perícia foram acionadas e com base no registro de desaparecimento, familiares foram acionados e apesar do estado do corpo o reconheceram, mas a identificação precisa ser confirmada no Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL.

De acordo com a polícia, Gustavo tinha passagens e atualmente estava em gozo de liberdade condicional. Conforme os registros, ele tinha registros por roubos e tentativa de homicídio.

Gustavo estava desaparecido desde o dia 22. (imagem> Facebook)