Criança que estava desaparecida é encontrada viva e sequestrador estuprador preso

Criança que estava desaparecida é encontrada viva e sequestrador estuprador preso

COMPARTILHAR
Juliano dos Santos Cabral, preso no Paraguai será expulso.

Antônio Coca

A Polícia Nacional do Paraguai informou há pouco que a menina Ana Rosa Ramos Marques de apenas cinco anos, que estava desaparecida desde a madrugada do dia 1º foi encontrada na Colônia Estrela a cerca de 30 quilômetros de Pedro Juan Caballero. O ex-presidiário Juliano dos Santos Cabral que sequestrou a menina foi preso. Criminoso e vítima foram encontrados no final da manhã de hoje.

A suspeita é que a criança tenha sido violentada. A informação foi confirmada pela polícia brasileira, que apurou ainda que a criança estava com a mãe, juntamente com Juliano e todos estavam ingerindo bebidas alcoólicas no barraco do autor.

A mãe contou que ele entrou com menina pra dentro do barraco, teria cometido o abuso e fugiu levando a menina. Ainda de acordo com as informações, será pedida a prisão preventiva da mãe e o caso será encaminhado para a Delegacia da Mulher de Ponta Porã. Policiais brasileiros seguiram para o Departamento de Migração de Pedro Juan Caballero para resgatar a criança e prender o suspeito que será expulso do Paraguai.

Revolta

O caso causou revolta pelos contornos e até mesmo a conselheira tutelar que atendeu a família está emocionada. “Na verdade esperava mesmo que essa criança fosse encontrada com vida porque no decorrer do meu atendimento eu fiquei muito emocionada”, contou a conselheira tutelar Marilene Escobar de Souza a Mary que atendeu a ocorrência.