DECO prende quadrilha que agia extorquindo pessoas

DECO prende quadrilha que agia extorquindo pessoas

COMPARTILHAR
Dois dos presos na operação.

Até o final da manhã desta segunda-feira (21), três homens e uma mulher estavam presos por conta da Operação Extortio, realizada pela Delegacia Especializada de Repressão ao Crime Organizado (Deco), deflagrada nas primeiras horas da manhã em Campo Grande. A ação tem como alvos, acusados de envolvimento em extorsões praticadas contra médicos, empresários e políticos da Capital.

Foram cumpridos mandados de prisão em alguns bairros da cidade e presídios como da Gameleira e Instituto Penal de Campo Grande, estando entre os presos a esposa de um presidiário. Eventuais detalhes e saldo da operação devem ser divulgados no final da tarde pela delegada encarregada do caso e titular da DECO, Ana Cláudia Medina.

A ação dos envolvidos consistiria em definir alvos, levantar e apurar informações sobre as pessoas, informações estas sobre atividade profissional, comercial e principalmente pessoal. De posse de informações que julgassem de interesse do bando e risco para o alvo, os criminosos passavam a pressionar essas pessoas exigindo dinheiro, pressionando que se não recebessem divulgariam o que havia sido descoberto sobre a pessoa, mesmo que dados comerciais.

A DECO foi acionada por algumas vítimas e com investigações realizadas na semana passada, os policiais identificaram os primeiros presos apanhados hoje. A polícia não confirma nem desmente que outras prisões devem acontecer a qualquer momento.