Defron e SIG esclarecem furto em fazenda, recuperam agrotóxicos e apreendem armas

Defron e SIG esclarecem furto em fazenda, recuperam agrotóxicos e apreendem armas

COMPARTILHAR
Mais de meia tonelada de produto recuperada na operação.

Antônio Coca

Na tarde desta segunda feira (27), policiais da DEFRON – Delegacia Especializada de Repressão a Crimes da Fronteira, do SIG – Setor de Investigações Gerais de Dourados e Polícia Civil de Maracaju, atuando nas investigações de uma onda de furtos à propriedades rurais no município de Maracaju, identificaram e prenderam dois homens que confessaram o furto a uma destas propriedades.

Os dois ladrões confessos, são moradores da cidade de Maracaju, um de 25 e outro de 51 anos. Durante buscas, na casa do indivíduo de 51 anos os policiais encontraram e apreenderam ainda uma arma longa de caça do tipo carabina, calibre 17, equipada com luneta, e um revólver calibre 3,57. Foram apreendidas ainda 46 munições intactas e duas deflagradas.

Além do furto, ele foi autuado em flagrante pela prática do crime de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e outra de uso restrito. Após a prisão dos autores do furto, os policiais identificaram o receptador dos bens furtados e na casa deste terceiro indivíduo, no município de Rio Brilhante, os policiais recuperaram os 525 quilos de agrotóxicos furtados da propriedade rural.

O receptador identificado não foi encontrado no local, mas será indiciado pelo crime de receptação e intimado para prestar esclarecimentos à polícia. Devido ao alto valor comercial dos produtos agrotóxicos, propriedades rurais na região de Maracaju têm sido alvos de furtos nos últimos dias. Policiais da DEFRON e do SIG de Dourados estão auxiliando a Polícia Civil de Maracaju nas investigações e acreditam que nos próximos dias novos autores sejam identificados e presos, e a onda de furtos contida.

Ladrões usavam armas potentes.