Delegado afastado em ação do GAECO é excluído da lista de juízes...

Delegado afastado em ação do GAECO é excluído da lista de juízes empossados nesta quarta-feira

COMPARTILHAR
Delegado Patrick, afastado e não toma posse no TJMS.

O delegado Patrick Linares da Costa, que aprovado em concurso público em 2021, deveria tomar posse nesta quarta-feira (27) no cargo de juiz substituto no TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), teve sua posse excluída da relação dos novos magistrados. Na lista com nome dos 13 juízes substitutos a serem empossados hoje não consta o nome de Patrick. A nomeação dos juízes está em portarias assinadas pelo Desembargador Carlos Eduardo Contar, Presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso do Sul, assinadas no último dia em 25.

O delegado está afastado a partir de operação do GAECO/MS contra recebimento de propina, cobrança por liberação de veículos apreendidos, desvio de cocaína apreendida e outros na área de Ponta Porã. O Gaeco pediu a prisão do delegado, mas foram decretadas apenas medidas cautelares contra o delegado.

Entre as medidas constam afastamento do exercício da função de Delegado de Polícia enquanto estiver correndo a presente investigação e/ou a ação penal (tanto na função direta como Delegado, como em qualquer outra atividade administrativa) e impedimento de acessar os prédios de qualquer uma das Delegacias de Polícia existentes no município de Ponta Porã.

As restrições proíbem ainda o delegado de manter qualquer tipo de contato direto com as pessoas investigadas no atual procedimento, com exceção de sua esposa (o que não impede que seja feito através de advogado dentro do exercício da função em sua defesa), entrega da arma funcional ao superior hierárquico por ocasião do cumprimento dos mandados de busca e apreensão além de proibido usar qualquer tipo de arma, mesmo que particular.