Delegado Wellington cobra mais gestão na saúde e apoia a fiscalização do...

Delegado Wellington cobra mais gestão na saúde e apoia a fiscalização do Prefeito

COMPARTILHAR
Vereador cobra mais gestão na saúde pública de Campo Grande

O Vereador Delegado Wellington, pediu a palavra livre na Sessão Ordinária de terça-feira (26), o assunto debatido foi à saúde pública em nossa Capital, e em constantes fiscalizações aos Postos de Saúde de nossa cidade, pelo Prefeito Marquinhos Trad, aos UPAS e UBSF, o Vereador constatou, um problema grave de gestão.

“Tenho que parabenizar o nosso Prefeito, pois desde o início dessa gestão, a Câmara dos Vereadores tem fiscalizado continuamente os postos de saúde da nossa Capital, e o Prefeito Marquinhos Trad, vem fiscalizando quase que diariamente as unidades de saúde, conversando com a população e funcionários, mas apesar disso, tenho visto um problema sério, em relação à saúde em nosso município, mau atendimento aos pacientes, que buscam ajuda nos postos de saúde, falta de remédio, problema de estrutura grave nos prédios e com essas constatações feitas diretas pelo Prefeito, com certeza a solução desses problemas serão mais rápidas, e nós, Vereadores, estamos atentos a esses problemas quase que, diariamente, através das equipes dos nossos gabinetes”, destacou o vereador.

O Vereador Delegado Wellington, visitou a Unidade Básica de Saúde do Bairro Vida Nova, conversou com os moradores dessa região, e percebeu que muitos são os problemas como atendimento demorado, falta de profissionais, falta de remédios e um grande problema identificado, foi a questão estrutural, como janelas quebradas, portas emperradas, forro caindo, portas se deteriorando, falta de laboratório para coleta dos exames, além da falta de material básico para o funcionamento diário, como produtos de limpeza e de higiene.

Os problemas vêm de má gestão, com soluções que poderiam ser resolvidas, se o problema não fosse a burocracia envolvida, como por exemplo, um ar condicionado, que foi doado, mas não tem estrutura básica para a instalação. Há falta de iniciativa, por parte dos gestores em identificar os problemas e levar as autoridades para que possam ser resolvidas, e quanto maior ser a fiscalização, maior será a qualidade nos atendimento, e, é o que a população espera, um atendimento de qualidade.

Com Assessoria