DENAR aperta o cerco ao tráfico e dois casais são presos em...

DENAR aperta o cerco ao tráfico e dois casais são presos em flagrante

COMPARTILHAR

Intensificando as ações de combate ao tráfico urbano em Campo Grande, nesta quinta-feira (9), policiais da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico – DENAR, prenderam em pontos e horários diferentes, dois casais atuando na venda de entorpecentes. Um deles, tinha como ponto da ação criminosa os fundos de uma escola municipal.

Em um dos casos, averiguando denúncia de venda de drogas na Rua Dona Deolinda Pereira de Souza, Bairro Universitário, os investigadores não só confirmaram a informação, como descobriram que o crime acontecia na praça atrás da Escola Municipal Abel Freire de Aragão. Mantendo o local sob vigilância, policiais notaram que um casal permanecia bastante tempo sentado no local conversando e o tempo todo de olho em um celular.

Posteriormente quando aparentemente o casal iria embora, os investigadores decidiram pela abordagem e localizaram no veículo de Edyene Cristine Gomes Rodrigues, uma porção grande de pasta base de cocaína, 312 gramas da droga. Com a descoberta Matheus Henrique Tiagua rapidamente alegou ser o dono da droga e ainda confessou que em sua residência havia mais entorpecentes.

Em seguida na casa de Edyene os policiais localizaram uma balança de precisão enquanto na casa de Matheus encontraram mais pasta base de cocaína, 700 gramas da droga, duas balanças de precisão e dinheiro. Concluída as buscas o casal foi conduzido para a delegacia e autuado em flagrante.

Casal armado

Na outra ação foram presos José Carlos Santilio (43) e Arlete Mansour França, de 48 anos. Policiais averiguavam denúncia apontando a venda de entorpecentes na Avenida Santo Eugênio, no bairro do mesmo nome, quando abordaram um usuário de drogas que circulava de carro no local em situação suspeita.

Com a abordagem, a equipe encontrou uma pequena porção de cocaína com o suspeito. Ele por sua vez confirmou ter comprado a droga de José Carlos pagando R$ 10. Entrando no imóvel, durante buscas os investigadores localizaram quatro pedras de pasta base de cocaína.

Em seguida encontraram um revólver calibre 38 municiado. A investigação revelou que o tráfico de drogas era realizado por José e sua esposa Arlete, sendo os dois conduzidos para autuação em flagrante na delegacia.

Um dos casais tinha arma municiada. (Fotos: Divulgação)