DENAR prende bolivianos vendendo cocaína na Capital

DENAR prende bolivianos vendendo cocaína na Capital

COMPARTILHAR
Engolida na fronteira, droga era expelida na Capital (Foto:Ilustração)

Policiais da Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico – DENAR, prenderam no final da tarde desta-quinta-feira (15) na área central de Campo Grande, dois bolivianos que vendiam cocaína na região. As cápsulas com a droga eram trazidas da Bolívia na barriga da dupla que após ingestão de laxante, as expelia no quarto de hotel.

Estão presos Luidy Garcia Torrico (23) e German Ardaya Mamani, de 55 anos. A dupla foi apanhada após investigadores da DENAR levantar pistas de que dois estrangeiros estariam traficando na região da antiga rodoviária. Na investigação os policiais inicialmente flagraram Luidy saindo do Hotel Prainha de forma suspeita, sendo abordado e encontrado com porções de cocaína.

Após alegar não saber onde estava hospedado, foi lembrado pelos policiais que o acompanharam até o quarto que ocupava em companhia de German. No quarto sobre um armário, os policiais encontraram as cápsulas com cocaína ainda com odor do local transportado (intestino) de ambos.

Ao todo foram apreendidas 110 cápsulas que a dupla confirmou ter engolido na fronteira com a Bolívia e expelido com ajuda de laxante já no hotel onde estavam hospedados há dois dias. A dupla foi autuada em flagrante na Denar e será encaminhada para presídio.

Mais dois

Ainda no final da tarde da quinta-feira policiais da DENAR desmontaram outro esquema de tráfico, desta vez que funcionava no Bairro Nhá-Nhá. Investigadores apuraram que a comercialização de entorpecente acontecia na esquina da Rua Luís Louzinha, com Av. Bandeiras, e que o “ponto” era explorado por dois traficantes chamados Mateus.

O “ponto” foi mantido sob vigilância até que os investigadores flagraram os dois “Mateus” agindo no local, onde a cada comprador se deslocavam a determinado ponto nas proximidades onde pegavam a droga e entregavam ao comprador. Estão presos Matheus Henrique Xavier Resquim (19) e Matheus Cardoso de Queiroz Onório, de 20 anos, apanhados com dezenas de papelotes de pasta base de cocaína, que inclusive mantinha em depósito em uma residência localizada na Rua Bicudo, Jardim Aero Rancho.