Deputado Cabo Almi cobra explicações que justifiquem mudança da Depac-Piratininga

Deputado Cabo Almi cobra explicações que justifiquem mudança da Depac-Piratininga

COMPARTILHAR

Em pronunciamento da tribuna da Assembleia Legislativa, nesta quinta-feira (29), o deputado Cabo Almi (PT), questionou a retirada da DEPAC Piratininga (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) instalada em local estratégico da região Bandeira para atender as demandas de segurança pública de toda a Região Sul da capital. Pelo que se sabe, os plantões noturnos serão atendidos em outra unidade específica instalada no Bairro Tiradentes.

O parlamentar elencou a preocupação das lideranças comunitárias, dos conselhos de saúde e de segurança pública que estão no dia a dia fazendo o enfrentamento dos diversos problemas, que em grande parte de descamba para a violência e termina na DEPAC. Com a mudança para outro local, a população fica desguarnecida e fragilizada diante das constantes ações maléficas praticadas pelos que vivem as margens da lei e da ordem.

Em nome da população da Região Sul de Campo Grande, o deputado Cabo Almi, que faz parte da Comissão de Segurança Pública e Defesa Social, convidou os deputados Coronel David e o Capitão Contar para juntos, pleitearem ao secretário de Justiça e Segurança Pública, Antônio Carlos Videira, respostas plausíveis que justifiquem a mudança, sobretudo, sem comunicar e sem consultar a população afetada de toda a Região de Sul da Capital.

Outra preocupação do deputado, é com a segurança dos agentes penitenciários, que segundo consta, o governo está tirando a Polícia Militar das unidades penitenciárias sem colocar no lugar outros agentes penitenciários com formação adequada para atender as demandas naturais e frequentes dos presídios em todo Estado. Precisamos convencer o governador a investir mais na segurança pública, finalizou Cabo Almi.