Deputado do Espírito Santo é preso por ordem do Supremo Tribunal Federal

O deputado estadual do Espírito Santo Capitão Assumção (PL), foi preso na noite desta quarta-feira, (28), em Vitória. O parlamentar foi levado para a sede da Polícia Federal. Segundo o jornal A Gazeta, Assumção também passou por exame de corpo de delito. A prisão foi autorizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de um mandado assinado pelo ministro Alexandre de Moraes, de acordo com a CNN. A decisão foi em decorrência do descumprimento de uma medida cautelar.

Desde o dia 15 de dezembro de 2022, por uma decisão do próprio STF, o deputado é monitorado por uma tornozeleira eletrônica. Assumção é investigado no inquérito das fake news, aberto em 2019, que apura a divulgação de notícias falsas. Por causa dessa decisão, o parlamentar não poderia deixar o Espírito Santo, dar entrevistas ou postar nas redes sociais e este último quesito foi descumprido por Assumção algumas vezes.

Em seus respectivos perfis nas redes sociais, alguns parlamentares já se pronunciaram sobre a prisão. Correligionários, como o senador Magno Malta e o também deputado estadual pelo Espírito Santo Wellington Callegari, criticaram a detenção. “Está prestando depoimento nesse momento na Polícia Federal. E é assim que ocorrem as coisas no Brasil”, criticou Callegari. “O seu partido, o PL do Estado do Espírito Santo, está do seu lado”, afirmou Magno Malta, em um vídeo.

Compartilhe
Institucional

O Tempo MS News é um portal de notícias online que traz informações relevantes e atualizadas sobre o dia a dia do Mato Grosso do Sul. Com uma equipe de jornalistas experientes e comprometidos em levar ao público as notícias mais importantes do estado, o portal se destaca por oferecer conteúdo de qualidade em tempo real.

Entre em contato

(67) 0000-0000

[email protected]

© Tempo MS News - Todos os direitos reservados, design por Argo Soluções