Distintivo e colete a prova de balas, salvam agente federal atacado a...

Distintivo e colete a prova de balas, salvam agente federal atacado a tiros por integrante do PCC em MT

COMPARTILHAR
Federais cumpriam mandados quando ocorreu confronto.

Um integrante do Primeiro Comando da Capital (PCC) atirou no peito de um policial federal, na manhã desta segunda-feira, no Distrito do Sucuri, em Cuiabá, Mato Grosso, durante ação para desarticular o tráfico de drogas. O tiro atingiu o distintivo do policial no colete à prova de balas e ele não teve ferimento grave.

Segundo informações da Polícia Federal, ao chegar no local em viatura caracterizada, os policiais se identificaram e foram recebidos a tiros. O colete evitou que a bala perfurasse o agente. O indivíduo foi preso em flagrante por tentativa de homicídio e porte ilegal de arma de fogo. Ele usava um revólver 38.

A operação “Caixa Forte – parte 2” contra a facção criminosa ligada ao tráfico de drogas está sendo realizada em 19 estados e no Distrito Federal. Das ordens judiciais expedidas pela Justiça de Minas Gerais, seis estão sendo cumpridas em Mato Grosso, sendo três de prisões e três de busca e apreensão.

Distintivo do agente.