DOF apreende carga “consorciada” de drogas, armas e munição

DOF apreende carga “consorciada” de drogas, armas e munição

COMPARTILHAR
Destino da carga não foi revelado (Fotos:Osvaldo Duarte)

Forças policiais de atuação nas fronteiras em Mato Grosso do Sul, principalmente com o Paraguai, constatam a cada dia a prática de “consórcio” ou “associação” entre criminosos que atuam no tráfico de entorpecentes, armas e munições. No último caso, nesse sábado (1º), policiais do Departamento de Operações de Fronteira – DOF, apreenderam mais um grande carregamento de maconha, cocaína, Skank, armas e munições.

Jairo não detalhou muita coisa

A carga “consorciada” foi apreendida em operação do DOF ao longo da rodovia MS-156, na região de Laguna Carapã. Policiais fizeram a abordagem da carreta com placas de Xanxerê, Santa Catarina, conduzida por Jairo Castanha (34), que se mostrou inquieto diante de perguntas por parte dos agentes. Entre outras coisas, Jairo vacilou quanto a propriedade, origem e destino da carga de milho que transportava.

Vistoriando as carretas, a equipe encontrou em meio a carga, centenas de fardos com maconha que pesaram 5.655 quilos da droga. Além do grande carregamento de maconha, também foram apreendidas cargas de cocaína, Skank, armas e munições.

Constavam da “carga” 1,2 quilo de cocaína, 4 pacotes de skunk que pesaram 1,650 quilo, uma carabina calibre 12 e outra calibre 22, uma pistola 9 milímetros, dois pacotes de munição calibre 22 e outros dois de munição calibre 38. Com o flagrante, Jairo, veículo e armamentos foram encaminhados à Defron (Delegacia de Repressão ao Crime de Fronteira) de Dourados.