DOF apreende muambas em Ponta Porã e prende “vigias” de cigarreiros em...

DOF apreende muambas em Ponta Porã e prende “vigias” de cigarreiros em Caarapó

COMPARTILHAR

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreenderam, na tarde dessa terça-feira (12), um Fiat Palio carregado com relógios, perfumes e essência para narguilé, sem a documentação fiscal, conhecida como “muamba”.

A ação ocorreu durante bloqueio policial para fiscalização na rodovia MS-380, na zona rural de Ponta Porã. Os militares abordaram o condutor do veículo, de 47 anos, que disse ter carregado a mercadoria na cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero e que pretendia revendê-la em Dourados. Foram apreendidos 72 pacotes de essência para narguilé, 10 caixas de relógios de pulso e 4 caixas de perfumes. O caso foi repassado para a Receita Federal em Ponta Porã.

Cigarreiros presos

Quatro homens envolvidos com o contrabando de cigarros do Paraguai foram presos em flagrante durante patrulhamento ostensivo por policiais do DOF nas proximidades de um assentamento no município de Caarapó. Os militares foram informados que três homens em um veículo preto, tentaram roubar um veículo no Assentamento Santa Clara. Durante as buscas, os policiais visualizaram um veículo com as características informadas e quatro homens em uma residência.

Ao perceber a aproximação da equipe três deles correram, sendo que dois foram alcançados e detidos. A dupla com que os três foram contratados pelo proprietário da residência para ficarem escondidos no mato a fim de repassar informações sobre o policiamento na rodovia. A versão foi confirmada pelo proprietário da casa.

Em um dos cômodos foram localizados um rádio de comunicação de mesa mais três rádios de comunicação portáteis. No quintal havia uma antena externa, com aproximadamente 20 metros de altura escondido entre árvores.

Uma equipe da Polícia Militar de Juti localizou o terceiro homem fugitivo e realizou sua prisão. Todos disseram que foram contratados para cuidar de cargas de cigarros que passariam pela região. A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Federal em Naviraí, com o apoio da viatura da PM de Juti, onde os quatro homens permaneceram à disposição da Polícia Judiciária Federal.

Comunicação em VHF e UHF entre quadrilheiros.