Doria é acusado de “confiscar” helicóptero da PM para transformar em transporte...

Doria é acusado de “confiscar” helicóptero da PM para transformar em transporte Vip

COMPARTILHAR
Deve ser descaracterizado recebendo pitura preta

O deputado Frederico Braun D’Avila (PSL), de São Paulo, denunciou através de redes sociais o governador João Doria (PSDB) de estar tirando de operações o principal helicóptero da Polícia Militar paulista, aeronave bi turbo Augusta Westland AW109 Grand New modelo AW109 ano 2.014 e transformando em aeronave de transporte VIP. Ao fazer a denúncia o deputado chama a atenção para o detalhe de o governador já contar com uma aeronave moderna para seu transporte pessoal/executivo.

Deputado Frederico define como absurda a atitude de Doria.

Protestando contra a atitude de Doria, o deputado citou a crise econômica que se vive, lembrando que Doria ao invés dessa vaidade, deveria designar o helicóptero para socorro a pessoas, resgate, transporte de órgãos para transplantes etc, jamais como transporte vip.

Nos meio policiais do Estado de São Paulo, consta que a aeronave já foi recolhida e passa pela transformação de operacional para executivo e sem as cores tradicionais da polícia, passando a ser preto. Não se sabe ainda aonde a aeronave está sendo adaptada e quando estará na “ativa” como executivo vip.

O helicóptero que foi comprado por intermédio da Fundação Florestal do Estado de São Paulo, custou aproximadamente US$ 7.278.000, através de empréstimo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), por meio de licitação internacional. O Augusta, que na Polícia Militar recebeu a codificação Águia 32, é a primeira aeronave desse porte adquirida por organismo policial brasileiro. Atualmente a aeronave era empregada pela Polícia Militar Ambiental.

“32” Definido como Águia sendo abatida.