DRACCO investiga caso de avião incendiado na fronteira

DRACCO investiga caso de avião incendiado na fronteira

COMPARTILHAR
"Corpo" do avião destruído por incêndio.

Antônio Coca

Policiais do Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO) um bimotor Sêneca matrícula PT-RTP, incendiado depois de uma queda ou de um pouso forçado em meio a uma plantação de soja. Há indícios de que a aeronave tenha sido queimada depois do incidente.

Policiais que estiveram no local na quarta-feira disseram que há indícios de que aparentemente o piloto foi retirado da aeronave arrastado e carga que era transportada foi retirada. As informações do trabalho da polícia no local ainda são poucas, já que não há sinal de telefone celular na região.

Asa, motor e combustível não queimaram.