Droga apreendida em Amambai pesou mais de meia tonelada

Droga apreendida em Amambai pesou mais de meia tonelada

COMPARTILHAR
28,5 toneladas de trigo para "esconder" a cocaína puríssima.

Antônio Coca

A Polícia Rodoviária Federal de Dourados informou no final da tarde desta terça-feira (2) que a carga de cloridrato de cocaína (a droga em seu estado mais puro) apreendida ontem em uma barreira na MS-386 próximo a cidade de Amambai, pesou 501 quilos e 800 gramas.

A carreta que transportava a droga escondida em meio a um carregamento de 28,5 toneladas de trigo, foi interceptada por uma equipe da Delegacia da PRF de Dourados e devido aos desencontros de informações do motorista que disse ter pego a farinha de trigo em Ponta Porã e que levaria para Londrina (PR), a carga foi inspecionada por cães farejadores da Polícia Federal e a droga localizada.

De acordo com o inspetor Valdir Brasil, o destino final da cocaína deveria ser o mercado europeu, já que nesta pureza em que a droga foi apreendida, geralmente ela seria embarcada em algum navio e levada para o exterior.

O motorista identificado como Francisco Ivan de Alencar, 60 anos, morador em Presidente Venceslau, foi levado juntamente com a droga para a Polícia Federal de Ponta Porã e autuado em flagrante. Esta foi a maior apreensão de cocaína realizada no Brasil em 2021.