Dupla que fez idosas reféns com arma na cabeça está enquadrada em...

Dupla que fez idosas reféns com arma na cabeça está enquadrada em vários agravantes de roubo

COMPARTILHAR

Os ladrões confessos John Willian Silva da Luz, (31) e Paulo César da Luz Lazaretti, de 38 anos, que na tarde de ontem (18) promoveram pavor a duas idosas no Bairro Coopharádio as mantendo como reféns agredindo e ameaçando na mira de armas, seguem presos na Polícia Civil e hoje devem passar por audiência de custódia quando o juiz decidirá por ratificar ou não a prisão.

A dupla está enquadrada em resistência, roubo agravado pela restrição de liberdade da vítima (manter como refém), roubo majorado pelo concurso de pessoas, roubo agravado pela violência ou ameaça exercida com arma de fogo. Os indivíduos presos pelo BOPE e CHOQUE da Polícia Militar responsáveis pela negociação e libertação das vítimas, foram autuados em flagrante na Depac-Cepol.

O caso que gerava risco para duas vítimas com 79 e 51 anos, começou no final da tarde quando os dois indivíduos invadiram a residência, situação percebida por pessoa que acionou a Polícia Militar. Equipe do policiamento de área chegou rapidamente ao local e ao entrar de forma dividida no quintal da casa para tentar visualizar o que acontecia, um deles ao notar a movimentação atirou na direção de um dos policiais e correu para o interior da residência onde voltou a atirar.

A partir dai a situação ficou tensa pois um dos bandidos mantinha a arma na cabeça da vítima avisando que iria atirar se a polícia invadisse a casa. As vítimas gritavam pedindo socorro relatando a ameaça. Os policiais solicitaram apoio acionando policiamento especializado através do BOPE e CHOQUE, toda a área foi cercada e com algum tempo de negociação John Willian e Paulo César se entregaram sendo imobilizados e presos. Enquanto as vítimas eram amparadas pelos policiais.