É estável estado de rapaz baleado no peito pelo pai em Campo...

É estável estado de rapaz baleado no peito pelo pai em Campo Grande

COMPARTILHAR
Baleado peli pai, Endreo socorrido pelos Bombeiros. (Foto: Reprodução Midiamax/Leonardo França)

É definido como estável e em observação o estado de saúde de Endreo Lincoln Ferreira da Cunha, baleado supostamente pelo próprio pai, de 55 anos, nesse sábado (22), na área central de Campo Grande. A informação é da Santa Casa de Campo Grande onde Endreo que recebeu um tiro no peito, ainda é mantido em ala própria do Pronto Socorro. A tentativa de homicídio ocorreu por volta de 17h na empresa da vítima, localizada na Rua Das Garças.

Uma equipe da Polícia Militar (1ºBPM) chegou rapidamente ao local do crime, onde ao fazer contato com Endreo já baleado, foi informada que ele é proprietário do imóvel onde também é a empresa que relatou ser proprietário, porém é impedido pelo pai, suspeito do crime, de adentrar ao local.

Detalhou ainda que foi ao local e subiu no muro do prédio, atravessando uma marquise e pulou para dentro do imóvel através do corredor lateral momento em que o suspeito abriu a porta da cozinha que dá acesso ao corredor e armado, atirou em sua direção atingindo-lhe o centro do peito.

Após balear Endreo, o pai trancou a porta novamente deixando a vítima trancada no corredor e em seguida fugiu. Para sair do local e procurar socorro, a vítima quebrou o vidro da porta e foi para a cozinha de onde providenciou socorro.

Segundo a mãe do rapaz ainda no local do crime, pai e filho discutiam por conta de uma dívida de R$ 2 milhões. “Ele usou o nome do filho e fez dívida de R$ 2 milhões. O menino não aceita e quer que o pai limpe o nome dele”, afirma a mãe.

A mãe da vítima conta que, em razão das discussões constantes sobre a dívida, o ex-marido já havia internado o filho em hospital psiquiátrico. Ela detalha inclusive que viajou de São Paulo a Campo Grande para tirar o filho do hospital.