Em dois dias, PMR apreende dois ônibus de sacoleiros procedentes do Paraguai

Em dois dias, PMR apreende dois ônibus de sacoleiros procedentes do Paraguai

COMPARTILHAR
Nos bagageiros nada de malas, só mercadorias.

Quarta-feira (30), por volta das 13h, policiais militares rodoviários (PMR) em policiamento e fiscalização em frente a Base Operacional Rodoviária de Sanga Puitã, na MS-386, quando deram ordem de parada ao motorista de um ônibus Scania K113 placas do estado de São Paulo. Ao realizar buscas no veículo, foi localizada no bagageiro grande quantidade de produtos de origem estrangeira, sem a devida documentação legal de importação, sendo o segundo caso, em menos de dois dias.

Havia 19 passageiros, dos quais um identificou-se como organizador de viagens da cidade de Presidente Epitácio até Pedro Juan Caballero, com intuito de trazer comerciantes daquela cidade até o Paraguai para realizarem compras e revenderem. As mercadorias foram avaliadas em aproximadamente R$ 50 mil.

Em sua maioria as mercadorias apreendidas foram equipamentos eletrônicos (impressoras, scooters, rádios); essências de narguilé; câmaras de pneus; cigarros; brinquedos; materiais de pesca; dentre outros. Na terça-feira (29), por volta das 6h na cidade de Amambai, outro ônibus Scania com placas do Estado de São Paulo, com 14 passageiros, foi abordado por uma equipe da Polícia Militar Rodoviária (PMR) e apreendido por conter diversos materiais contrabandeados.

Entre os passageiros, nenhum turista, todos sacoleiros

O veículo trafegava na MS 156, sentido os municípios de Amambai e Caarapó, e o motorista informou que saiu de Ponta Porã e teria como destino a cidade de Presidente Prudente (SP). Foi feita vistoria no interior do ônibus e foi constatado que haviam diversas mercadorias de origem do Paraguai sem a documentação regular.

Em ambos casos, os veículos, assim como as mercadorias foram apreendidas e serão encaminhadas para a Receita Federal para providências cabíveis. Os ocupantes dos veículos foram devidamente checados e qualificados, sendo liberados a prosseguirem viagem.