Em poucas horas Polícia Militar apreende maconha e coca na Capital

Em poucas horas Polícia Militar apreende maconha e coca na Capital

COMPARTILHAR
Duas prisões no mesmo local e embarque.

Mais de 25 quilos de maconha e 5 de cocaína foram apreendidos por policiais militares do Batalhão de Choque – Canil e Pelotão Nova Lima, entre a noite de quinta e madrugada desta sexta-feira (18) em Campo Grande com a prisão de três pessoas. Duas apreensões aconteceram no terminal rodoviário alternativo localizado na Rua Naviraí, Vila Margarida. Em vistoria a passageiros e bagagens de ônibus da empresa Nobre da linha Campo Grande/Goiânia, localizaram 10 tabletes de maconha na mochila do passageiro Gustavo, de 18 anos.

Em seguida o cão farejador Ronda sinalizou para a existência de mais maconha na bagagem externa do passageiro, onde os policiais constataram mais 11 tabletes totalizando 18,310 quilos da droga. Gustavo disse ter saído de Tangará da Serra, Mato Grosso, com destino a Dourados, onde comprou a droga em uma praça pagando pouco menos de R$ 6 mil e revenderia em sua cidade.

No mesmo terminal a equipe abordou uma passageira, Larissa 26, que embarcaria com destino a Goiânia e ao notar os policiais se mostrou extremamente nervosa. Na bagagem dela Ronda indicou a presença de droga, sendo encontrados 8 tabletes de maconha que pesaram 5,670 quilos.

A mulher disse ter recebido a droga no bairro Oliveira 2 em Campo Grande com a mulher de um presidiário que a contratou para levar até Goiânia onde receberia R$ 3,5 mil pelo transporte. Nos dois casos a droga foi entregue na Denar e as pessoas autuadas na Depac-Centro.

No Nova Lima, cocaína

Policiais militares do Pelotão Nova Lima em patrulhamento pela rua Padre Antônio Franco suspeitaram do condutor de um Fiat Uno com placas do Estado de São Paulo que ao notar o carro da polícia fez uma manobra brusca. Sinalizado para que parasse o indivíduo que estava acompanhado de uma mulher fugiu em alta velocidade, sendo alcançado e abordado já nas proximidades da Cônsul Assaf Trad, depois que no trajeto jogou algo pela janela.

Em busca pessoal com o condutor, Guilherme (22), a mulher e no veículo nada ilegal foi encontrado, sendo acionado apoio do BP Choque com cão farejador para buscas no veículo e na região onde algo foi jogado fora.

O objeto arremessado, uma sacola, foi localizado e continha cinco tabletes de cocaína, que pesaram 5,180 quilos. Guilherme afirmou ser o dono da droga e teria comprado por R$ 12 mil o quilo e revenderia a R$ 17 mil o quilo e estaria indo fazer a entrega. A mulher não teria conhecimento do caso e não foi presa. Detalhes de quem seria o fornecedor ou quem receberia, não foram revelados.