Enfermeira chega para trabalhar e encontra filho morto no necrotério do hospital

Enfermeira chega para trabalhar e encontra filho morto no necrotério do hospital

COMPARTILHAR
Beatriz foi amparada por colegas. (Divulgação)

Antônio Coca

Moradores da fronteira entre Pedro Juan Caballero e Ponta Porã ficaram chocados com um fato ocorrido na manhã de ontem (17) no Hospital Regional Dr. Aníbal Leoncio Medina Valiente. A enfermeira Beatriz Torres chegou para trabalhar e durante os primeiros afazeres foi até necrotério do Hospital Regional de Pedro Juan Caballero onde havia o corpo de um jovem que tinha morrido vítima de acidente de trânsito e que ainda não tinha sido identificado. Quando a enfermeira, uma das mais experientes do HR foi ver a vítima descobriu que na verdade tratava-se do filho dela Nelson Alex Figueredo Torres de 20 anos.

De acordo com o site Ponta Porã em Dia, a Polícia Nacional do Paraguai informou que Nélson tinha sido atropelado por um veículo, cujo condutor não prestou socorro para a vítima. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros Voluntários e levado ainda com vida para o Regional onde morreu quando era operado.

Nelson saiu da casa dele na noite de quinta-feira (16) para ir se encontrar com a namorada e a mãe ao sair para o trabalho no outro dia acreditava que o rapaz estava na casa da namorada, mas acabou encontrando o filho morto no necrotério do hospital.

Ela precisou de cuidados médicos e depois foi amparada por colegas de trabalhos, amigos e familiares que foram para o Hospital Regional assim que ficaram sabendo do fato. A Polícia Nacional está usando imagens de câmeras de segurança da região onde ocorreu o acidente para tentar identificar quem atropelou Nelson e fugiu sem prestar socorro.