Equipe do Batalhão de Choque da PM atende pais em desespero e...

Equipe do Batalhão de Choque da PM atende pais em desespero e salva vida de bebê

COMPARTILHAR
Policiais da ação e a mãe com o bebê salvo. (Divulgação)

Uma equipe do Batalhão de Choque da Polícia Militar, em patrulhamento de rotina na região do Bairro Colibri, pouco antes de 1h da madrugada, deparou-se com um casal pedindo socorro em um carro. A mãe, tendo no colo uma criança recém-nascida, desceu desesperada e em pranto, pedindo aos policiais que salvassem a vida da criança, pois estava engasgada e sem sinais de respiração.

Em meio ao desespero a mãe informou que já havia pedido socorro para várias pessoas, inclusive em uma farmácia, onde foi orientada pelos funcionários a se dirigir rapidamente à Unidade de Pronto Atendimento Universitário. No momento em que a família se deslocava, avistou uma viatura do Batalhão de Choque, parando a equipe imediatamente e solicitando por socorro, pois já não sabiam mais o que fazer.

Os policiais da equipe de imediato tomaram as primeiras medidas de salvamento, e, perceberam a criança não apresentava sinais respiratórios, com os lábios apresentando coloração azulado e as vias aéreas estavam obstruídas. Rapidamente os militares deram início à manobra de Heimlich, procedimento que ajuda na retirada de objetos que estejam causando o engasgamento.

Com a manobra, o bebê esboçou reação, porém ainda respirava com dificuldades. A equipe então conduziu imediatamente a família até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Universitário, a fim de que fosse prestado atendimento especializado por um médico. Chegando na UPA, foram atendidos pelo médico Beraldo Alves Carneiro, que prestou o primeiro atendimento e após avaliação médica, a criança foi encaminhada para o setor de pediatria para permanecer em observação.