Escola do Sesi de Aparecida do Taboado promove Festa Julina Virtual

Escola do Sesi de Aparecida do Taboado promove Festa Julina Virtual

COMPARTILHAR

Em continuidade às atividades online adotadas devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Escola do Sesi de Aparecida do Taboado promoveu, nesta semana, a 1ª festa Julina Virtual, que reuniu, cada um em sua casa, os professores, os alunos e os pais. A iniciativa faz parte da programação da última semana de aula antes das férias escolares e encerramento do primeiro semestre.

A Festa Julina Virtual foi um momento planejado a fim de reunir de forma remota toda a comunidade escolar e celebrar essa festa cultural tão típica do País. Os alunos puderam se trajar e decorar suas casas com bandeiras, brincadeiras e até comidas típicas.

As turmas do 4º ao 6º ano do Ensino Fundamental foram convidadas à reunião ao vivo realizada pelos professores Francielle Aguiar, Simone Espírito Santo, Roselaine Dias e Aloísio Dias. Foram desenvolvidas várias brincadeiras para que os alunos pudessem participar sozinhos ou com a família, tais como caça objetos, campeonato de dança, mímica, desafio de desenhos e até pescaria virtual.

Os alunos do 7º ao 9º ano do Ensino Fundamental também não ficaram de fora da festança e, juntamente com as professoras Rosa Maria Oliviera e Helena Araujo, organizaram algumas brincadeiras para realizar durante a Festa Julina Virtual. Durante o encontro, os alunos do 9° ano tomaram à frente e conduziram as brincadeiras e as professoras ficaram mediando.

Eles realizaram um Quiz sobre qual professor da Escola do Sesi de Aparecida do Taboado seria, o que foi muito engraçado, pois os alunos viram que têm muitas coisas em comum com alguns professores. Dentre as brincadeiras, houve uma que remetia ao Programa do Gugu, em que o aluno deveria procurar um objeto em casa e, quem trouxesse primeiro, seria o novo Gugu.

Os alunos fizeram também um Quiz “complete a música”, com músicas típicas dos festejos julinos. O que atraiu muito a atenção deles foi a cadeia, pois todos votavam em quem gostariam que fosse “preso” e, o mais votado teria que pagar um mico.

Para finalizar, eles apresentaram os correios elegantes que foram enviados pelos alunos para os outros, alguns de forma anônima outros não. A festa foi dividida em etapas para que os professores pudessem dar maior atenção e estreitar o relacionamento com os estudantes, na tentativa de aliviar o distanciamento por conta das aulas remotas.

Desta forma, no Ensino Médio foram reunidas as turmas da 1ª e 2ª série e cada grupo de alunos ficou responsável por organizar e aplicar uma brincadeira na festa. Teve correio elegante, pescaria, desafios, cabine de desabafo – Relato de pandemia, jogo de imitação para apontar quem era o professor.

“A Festa Julina Virtual foi muito bacana. Percebemos que os alunos se divertiram bastante em casa com suas famílias e se esforçaram muito para fazer as decorações e seus figurinos”, disse a professora Rose Dias, que leciona a disciplina de Inglês. “Foi um momento de descontração, mas também de percebemos a proatividade dos estudantes”, completou a professora Simone Espírito Santo Gomes, que leciona a disciplina de Técnicas de Redação.

Para os pais também foi uma atividade válida. “Eu achei muito interessante o arraiá que a Escola do Sesi promoveu, pois, neste momento de pandemia, essas atividades extracurriculares são extremamente necessárias. Minha família e eu sempre participamos de todas as atividades propostas. Procuramos interagir ao máximo porque essa interação entre escola e família é muito importante”, reforçou Rafaela Rodrigues Francisco, mãe do aluno Sebastian Felipe.

O filho dela fez questão de parabenizar a escola pela atividade. “Parabéns à Escola do Sesi que organizou essa festa, porque nos divertimos muito mesmo estando de quarentena. Eu gostei muito das brincadeiras, das roupas dos colegas e professores e até das decorações. Gostei muito porque foi uma oportunidade de realizar a festa julina que todo ano amamos participar”, disse Sebastian Felipe.

“A Festa Julina Virtual foi muito divertida. Nós, juntamente com alguns professores, pensamos em brincadeiras e como elas poderiam ser adaptadas para a forma online. Brincamos de forca, correio elegante, quizes e Gugu. Eu amei essa festa, pois nós nos descontraímos um pouco das coisas ruins que estão acontecendo e nos divertimos muito”, disse a aluna Isabela Lima Gotardo.

Na avaliação da aluna Maria Eduarda Souza Rodrigues, o arraial virtual foi muito divertido. “Tivemos várias brincadeiras e os alunos imitaram os professores, alguns pagaram micos, enquanto outros dançaram. Esse tempo de diversão foi bom para que tanto os professores, quanto os alunos tivessem uma pausa da rotina escolar”, finalizou.

Com Assessoria