Escolas do Sesi de Três Lagoas e Naviraí avançam na Olimpíada Nacional...

Escolas do Sesi de Três Lagoas e Naviraí avançam na Olimpíada Nacional de Ciências

COMPARTILHAR

Com mais de dois milhões de alunos inscritos em todo o Brasil, a Olimpíada Nacional de Ciências (ONC) mostrou que os alunos das escolas do Sesi de Mato Grosso do Sul estão afiados quando o assunto é Astronomia, Física, Biologia, História e Química. Neste ano, 16 estudantes da Escola do Sesi de Três Lagoas e sete da Escola do Sesi de Naviraí foram classificados para a 2ª fase da competição, que, em razão da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), ainda não tem data para ser realizada.

Neste ano, por conta da pandemia, a 1ª fase foi realizada de forma 100% online e a previsão da organização da ONC era que a 2ª fase fosse no dia 12 de setembro, porém, uma nova data provável foi agendada: a última semana de novembro, a depender do retorno das aulas presenciais nos estados e municípios. A ONC tem como objetivo ampliar o interesse dos jovens estudantes pela Ciência e aproximá-los do universo da pesquisa científica e, não por acaso, os alunos da Rede Sesi de Ensino no Estado saíram-se muito bem na prova.

A escolas do Sesi desenvolvem um projeto extracurricular de Iniciação Científica e, desde o Ensino Médio, os alunos usam o conhecimento obtido com as aulas de robótica e empreendedorismo, entre outras disciplinas da grade curricular, para desenvolver trabalhos científicos em diversas áreas do conhecimento. Sempre com o auxílio de um professor orientador, os trabalhos são feitos com a mesma metodologia de níveis superiores de ensino, podendo contar, ainda, com auxílio de docentes de instituições de ensino superior parceiras do Sesi, aproximando-os da comunidade acadêmica e científica.

A analista técnica em educação do Sesi, Gláucia Campos, considera que o número expressivo de alunos aprovados mostra que as aulas e o acompanhamento de maneira remota durante a pandemia estão funcionando bem. “Embora estejamos vivenciando um período totalmente atípico devido à pandemia de Covid -19, as escolas do Sesi deram sequência ao trabalho, realizando alguns ajustes para adaptação para as aulas e acompanhamento dos alunos de maneira remota. Para nós é uma alegria muito grande ter este número expressivo de alunos aprovados na 1ª fase”, ressaltou.

Repercussão

A diretora da Escola do Sesi de Três Lagoas, Zuleica Alves Guimarães, destaca que, embora estejamos vivendo um período totalmente atípico devido à pandemia da Covid-19, está sendo dada sequência ao trabalho pedagógico, com as aulas remotas e inclusive com os alunos participando de concursos como o da ONC. “Para nós, é uma alegria muito grande ter um número expressivo de alunos aprovados na primeira fase, pois isso demonstra que nossos alunos estão sendo bem preparados e a aprendizagem está acontecendo de modo efetivo, mesmo nesta situação adversa”, disse.

Já o professor Denis Welton da Silva Nascimento, que leciona a disciplina de Física na Escola do Sesi de Três Lagoas e supervisionou os alunos que fizeram a prova, ficou feliz quando recebeu a notícia de que 16 alunos foram aprovados para a 2ª fase da ONC. “Esse resultado demonstra o engajamento, empenho e determinação dos nossos alunos. Da mesma forma, o resultado exalta a qualidade do trabalho incansável do corpo docente da Escola do Sesi de Três Lagoas, que, principalmente nesse período difícil de pandemia, ganham cada vez mais destaque pela resiliência e rápida adaptação ao formato EaD (Educação a Distância) para garantir a qualidade de ensino aos nossos alunos”, completou.

Uma das classificadas, a aluna Ana Lívia Nóia Gonçalves, da 3ª série do Ensino Médio da Escola do Sesi de Três Lagoas, afirma que foi incentivada pelo professor a fazer a prova. “Nesses últimos meses meu objetivo, além de estudar para o vestibular, é testar meu conhecimento. Fiz a olimpíada no intuito de ver quais eram meus limites sobre os conteúdos. Quando saiu o resultado eu quase não acreditei, fiquei muito feliz. Agora é me preparar para a próxima etapa”, comemorou.

A aluna Maitê Louise Silva, do 8º ano do Ensino Fundamental da Escola do Sesi de Três Lagoas e que também passou para a 2ª fase, conta que revisou o conteúdo cobrado nos anos anteriores para fazer a prova, mostrando que, por si só, a participação da olimpíada contribui com o aprendizado dos estudantes. “Me preparo tentando relembrar o que já aprendi em todo o Ensino Fundamental. Esse ano preferi revisar os conteúdos antigos que eu achei que ia cair. Acho que a experiência de ter participado outras vezes me deixou menos nervosa esse ano. Ter passado para segunda fase é maravilhoso e dá aquele friozinho na barriga, ainda mais pela importância que tem essa olimpíada”, declarou.

Os alunos do Sesi classificados:

Naviraí

  1. Igor Guissani Bruno
  2. Mariana Gonçalves de Souza
  3. Gabriella Puntel Ferreira
  4. Júlia Strey Bem
  5. Stéphanye Santana de Souza
  6. Ana Júlia Cavalcante Dobbins
  7. Vítor Madeira Lorençone

Três Lagoas

  1. Didir de Souza Romeiro Neto
  2. Maria Eduarda Barbosa Pereira
  3. Alana Almeida
  4. Ana Lívia Nóia Gonçalves
  5. Elian Bressan Abrão
  6. Manoela dos Santos Esgalha
  7. Clara dos Santos Amorim
  8. João Victor Santos Monteiro
  9. Juan Carlos de Sousa Lopes
  10. Júlia Rigoleto Matheus Santos
  11. Maitê Louise Falbo Oliveira e Silva
  12. Matheus Victor de Camargo
  13. Rafael Salvadego de Paula
  14. Júlio César Ramos Filho
  15. Geovanna Fernandes de Mattos
  16. Heron Nogueira Cipriano Júnior