Ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardoso critica criação do Ministério de Segurança...

Ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardoso critica criação do Ministério de Segurança Pública

COMPARTILHAR

O ex-ministro da justiça, José Eduardo Cardoso, criticou a criação do Ministério da Segurança Pública, por medida provisória, editada em fevereiro deste ano. Ele falou sobre o assunto na comissão do senado que discute o tema. Na opinião de Cardoso, era necessária uma reestruturação do Ministério da Justiça, mas retirar da pasta as atribuições ligadas à polícia foi um erro.

Com a mudança, a responsabilidade pela Polícia Federal; Polícia Rodoviária Federal, o Departamento Penitenciário Nacional, o Conselho Nacional de Segurança Pública, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, além da Secretaria Nacional de Segurança Pública – que coordena a Força Nacional de Segurança Pública passou para a nova pasta. Antes tudo estava a cargo do MJ.

O ex-ministro disse que isso não vai resolver o problema da segurança pública é a falta da integração. O secretário-executivo da segurança pública rebateu a crítica e disse que a criação da pasta extraordinária foi uma necessidade. O ministério extraordinário da segurança pública foi criado por medida provisória em fevereiro, e tem validade de 120 dias.