Exame em paraguaios acorrentado deu resultado negativo para o COVID-19

Exame em paraguaios acorrentado deu resultado negativo para o COVID-19

COMPARTILHAR
Autoridades do Brasil tentam ajudar Élvio.

Antônio Coca

A secretaria de Saúde de Ponta Porã informou há pouco que deu negativa para Coronavírus o exame realizado na manhã desta terça-feira no paraguaio Élvio Florenciano de 58 anos que está acorrentado em um poste de iluminação na Linha Internacional entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero.

Florenciano está protestando contra a demora das autoridades paraguaias em autorizar o retorno dele para o Paraguai.
Ele contou que estava trabalhando no Brasil e quando tentou voltar para casa via Mato Grosso do Sul foi barrado e já está há vários dias aguardando autorização. Por motivo das barreiras sanitárias ele teria que cumprir uma quarentena ou apresentar um exame atentando negativo para a doença.

Depois de realizado o exame ele continuou acorrentado ao poste e agora está tendo a ajuda de autoridades de Ponta Porã para tentar regressar ao Paraguai. O secretário de Saúde da cidade brasileira, Patrick Derzi e o vereador Marcelino Nunes (PDT) tentando ajudar na obtenção do visto de entrada de Élvio.

Com o resultado do exame realizado eles esperam que o trabalhador paraguaio consiga voltar para casa. O homem disse que se o visto for negado ele vai iniciar uma greve de fome como forma de chamar a atenção para o drama que está vivendo.