Família da vítima encontra e prende homem que matou ex-esposa e o...

Família da vítima encontra e prende homem que matou ex-esposa e o entrega à polícia

COMPARTILHAR
Fugido da polícia, homicida foi preso por parentes da vítima (Foto:Reprodução)

Vanclécio Cordeiro Pereira (28), acusado de matar a ex-mulher, Fernanda de Souza Siqueira (29), foi preso na manhã desta terça-feira. A informação foi confirmada pelo delegado titular da Delegacia de Homicídios (DH) do Rio de Janeiro, Giniton Lages.

0 homem estava escondido na casa de um parente na Rua Sodré da Gama, esquina com Coronel Onofre Pires, em Colégio, na Zona Norte do Rio, distante 10 km do local do crime. Vanclécio é acusado de matar Fernanda Siqueira com uma facada entre o pescoço e queixo, na porta de casa, em Vicente de Carvalho, no último domingo.

O ex-marido de Fernanda foi preso por familiares da vítima, que o encontraram quando estavam indo para o enterro e acionaram a polícia. Ele chegou a ser agredido por populares antes da chegada dos policiais.

O caso

A nutricionista e estudante de administração Fernanda de Souza Siqueira, morreu ao ser atingida com uma facada quando estava na porta de casa, em Vicente de Carvalho, na noite deste domingo. De acordo com investigadores, testemunhas afirmam que ele não aceitava o fim do casamento. Fernanda e Vanclécio se casaram em 2015 e estavam separados há cinco meses.

Após o fim do casamento, ela deixou a casa em que eles moravam, em Vaz Lobo, e voltou a morar com os pais. Neste domingo, Fernanda passou o dia em família. À tarde, ela recebeu uma ligação do ex-marido, que queria buscar seus pertences na casa em que eles moravam. A vítima levou apenas uma facada, entre o queixo e o pescoço.

Jane de Souza, 59, tia de Fernanda, estava com a sobrinha no momento do crime. “Ele passou perto da gente e minha sobrinha disse que ele estava estranho. Do nada, ele voltou. Sem falar nada, deu a facada no pescoço dela. Ela saiu correndo com a mão no pescoço e entrou em casa. Minha amiga ainda empurrou ele, mas ele saiu correndo com a faca mão, entrou no carro e foi embora. Os vizinhos a socorreram, ela ia passar por uma cirurgia mas não aguentou”, disse.