Fesmorena inova com estúdio móvel de gravação para os candidatos

Fesmorena inova com estúdio móvel de gravação para os candidatos

COMPARTILHAR

Oferecer oportunidade aos jovens talentos da música autoral de Mato Grosso do Sul é o principal objetivo do Fesmorena (Festival Morena de Música Escolar). Para oportunizar a maior participação dos jovens, a produção do evento disponibilizará um estúdio móvel, que, devido a pandemia de Covid-19, atenderá aos candidatos de acordo com a região da cidade onde residem.

A unidade móvel será localizada na Concha Acústica da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), entre os dias 13 e 19 de setembro, atendendo uma região por dia. A produção vai viabilizar a logística do aluno para o translado até o local, caso necessário e as gravações poderão ter até dois estudantes por canção.

As gravações serão agendadas com antecedência, respeitando o tempo da troca de palco e descontaminação do ambiente. Nos dias de gravação serão adotadas todas as medidas de segurança necessárias de prevenção à Covid-19.

Promovido pela Escrivano Produções, o evento chega a sua 6ª edição em 2020 e o atual cenário e suas consequentes limitações, foram determinantes para que a produção inovasse ao disponibilizar a unidade móvel de gravação, proporcionando assim, mais oportunidades aos jovens que desejam apresentar sua versatilidade no segmento musical.

“Nosso objetivo é também promover o acesso para que o maior número de alunos participe. As inscrições foram prorrogadas até o dia 20 de setembro e agora, disponibilizamos a oportunidade de gravação junto ao um estúdio dirigido por um dos mais renomados produtores musicais de Mato Grosso do Sul”, explica Daniel Escrivano, produtor do evento.

As gravações ficarão sob a responsabilidade do produtor musical Alex Cavalheri, que destaca a importância da iniciativa. “Este tipo de projeto, em especial os festivais voltados aos estudantes, são muito importantes. Eu mesmo, comecei na música, graças a este tipo de evento. O Fesmorena contempla composições próprias, que descobre talentos que ainda não tiveram a chance de se mostrar. Neste momento de pandemia, a produção encontrou maneiras de não cancelar o evento, se adaptando às medidas a serem cumpridas. Isso é importantíssimo e é o tipo de ação que colabora para que as atividades culturais continuem acontecendo”, pontua. Vale ressaltar que as gravações ocorrem de acordo com a região e devem ser agendadas previamente pelo telefone/whatsapp (67) 993021482.

Cronograma de gravações

Região Urbana do Anhanduizinho (13 de setembro); Região Urbana do Bandeira (14 de setembro); Região Urbana do Centro (15 de setembro); Região Urbana do Imbirussu ( 16 de setembro) ; Região Urbana do Lagoa (17 de setembro); Região Urbana do Prosa (18 de setembro) e Região Urbana do Segredo (19 de setembro)

Sobre o Fesmorena

O festival nascido em Campo Grande é promovido pela Escrivano Produções e nesta edição, o projeto foi contemplado no edital do FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais) 2019 da SECTUR (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande).
Podem participar estudantes de escolas públicas e particulares, com idade entre 7 e 17 anos, de todo o Mato Grosso do Sul, que tenham composições autorais para apresentar.

A premiação contempla as melhores Músicas (entre o 1° e 3° lugares), melhor Harmonia, melhor Canto e ainda abre espaço para o público participar por meio da votação on-line. O 1° lugar recebe R$ 2 mil; o 2° lugar é contemplado com R$ 1 mil e o 3° lugar com R$ 500. Os escolhidos na votação on-line também são premiados com R$ 1 mil e os escolhidos como melhor Harmonia, Canção Original e Canto são contemplados com R$ 500 cada.

Os 15 estudantes selecionados também ganham a oportunidade de capacitação, com a participação em três cursos: Produção Musical, Postura Cênica e História da Música Regional de MS, ministrados respectivamente por Demétrius Hernandes, professor, músico e produtor cultural; pela atriz Angela Montealvão, que também atua como arte educadora e produtora cultural e pelo músico, escritor e jornalista Rodrigo Teixeira.

Todas as apresentações do evento serão gravadas e transformadas em um programa que será exibido via Youtube no dia 12 de dezembro de 2020. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o 20 de setembro de 2020 pelo https://www.fesmorena.com.br/

Com UNA Comunicação