Festival de Música Estudantil incentiva a carreira de novos talentos de MS

Festival de Música Estudantil incentiva a carreira de novos talentos de MS

COMPARTILHAR

A música autoral e os jovens talentos sul-mato-grossense tem seu espaço no Fesmorena (Festival Morena de Música Escolar) que em 2020 chega à sua 6° edição. As inscrições seguem abertas até o dia 31 de agosto e podem participar estudantes de escolas públicas e particulares, com idade entre 7 e 17 anos.

O festival, promovido pela Escrivano Produções, tem o objetivo de despertar nos jovens a criação, o imaginário, a possibilidade de vivenciar novas perspectivas e estimular o gosto pela música. Nesta edição, o projeto foi contemplado no edital do FMIC (Fundo Municipal de Investimentos Culturais) 2019 da SECTUR (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Campo Grande).

Vencedora do Fesmorena 2019, a banda Lukin, formada por estudantes do 2° ano do Ensino Médio cresceu após o evento. Consagrada vencedora com a música Rato, a banda segue investindo em novas composições e em breve deve lançar um EP nas plataformas digitais.

“No início tivemos receio de participar, já que nunca havíamos nos apresentado para uma grande plateia. Havia muitas músicas e concorrentes de alto nível e vencer uma competição tão acirrada nos estimulou a continuar no caminho da música. O que era hobby virou algo sério”, relata Nicholas Farias Batista, guitarrista da Lukin que no Fesmorena 2019, inscreveu sete composições.

Premiação

Dividida em cinco categorias, a iniciativa premia as melhores músicas entre o 1° e 3° lugares, além de reconhecer a melhor Harmonia, melhor Canto e ainda abre espaço para o público participar por meio da votação on-line.

O 1° lugar recebe R$ 2 mil; o 2° lugar é contemplado com R$ 1 mil e o 3° lugar com R$ 500. Os escolhidos na votação on-line também são premiados com R$ 1 mil e os escolhidos como melhor Harmonia, Canção Original e Canto são contemplados com R$ 500 cada.

Neste ano o festival traz ainda novas oportunidades aos 15 estudantes selecionados, que contarão com três cursos: Produção Musical, Postura Cênica e História da Música Regional de MS, ministrados respectivamente por Demétrius Hernandes, professor, músico e produtor cultural; pela atriz Ângela Montealvão, que também atua como arte educadora e produtora cultural e pelo músico, escritor e jornalista Rodrigo Teixeira.

Cuidados devido a pandemia

Devido o atual período e para evitar aglomerações, não haverá plateia na edição 2020 do Fesmorena. Todos os cui dados necessários estão sendo tomados para a segurança dos participantes e por isso, a seleção será feita à distância (por meio dos áudios e/ou vídeos dos inscritos), pela comissão julgadora, formada por cinco especialistas de comprovada idoneidade e de grande expressão no cenário cultural de MS, entre músicos, produtores culturais e pessoas ligadas à arte e a educação.

“Os selecionados apresentam suas respectivas músicas no palco do Teatro Glauce Rocha, divididos entre os dias 7 e 8 de novembro. No local, haverá medidas de segurança, tais como desinfecção do ambiente e cabine de descontaminação. Estamos atentos para que todos participem com segurança”, explica o organizador Daniel Escrivano.

O cronograma das apresentações será definido pela produção do Fesmorena e todas as apresentações serão gravadas e transformadas em um programa que será exibido via Youtube no dia 12 de dezembro de 2020. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas até o dia 31 de agosto de 2020 no https://www.fesmorena.com.br/

UNA Comunicação