Fiscalização do Procon flagra irregularidades em mercearia e panificadora na Coophatrabalho

Fiscalização do Procon flagra irregularidades em mercearia e panificadora na Coophatrabalho

COMPARTILHAR
Mercadorias vencidas há um ano expostas para venda.

Equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS, órgão integrante da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast realizou diligência na Mercearia e Panificadora Caipirão, localizada na avenida Florestal, bairro Coophatrabalho. Os fiscais foram acionados por conta de denúncias de consumidores, segundo as quais havia vários produtos expostos à venda sem condições de consumo.

Na ação foram flagrados e descartados 243 itens fora dos padrões por estarem com validade expirada, alguns dos quais desde outubro de 2018, ou sem quaisquer informações essenciais tais como prazo de validade, composição ou procedência podendo causar problemas à saúde, se consumidos. No decorrer dos trabalhos a equipe procurou orientar a direção do estabelecimento sobre a necessidade de manter exemplar do Código de Defesa do Consumidor disponível para consulta e placa dando conta de sua existência.

Entre os produtos impróprios por estarem vencidos, elevada quantidade de temperos, salgadinhos, café em pó, chás, maionese, azeitona, macarrão instantâneo, misturas para bolos e cosméticos como é o caso de shampoo, condicionador e creme hidratante, além de charque e amido de milho.

Sem informações foram encontrados doces, bolos, temperos e enxofre, entre outros. No desenvolvimento de suas atividades as equipes do Procon Estadual têm procurado levar o máximo de informações de forma a orientar os pequenos e médios empresários a bem desenvolver suas atividades evitando, assim, infrações que possam levar a autuações e multas.

As ações são realizadas, sempre, em atendimento a denúncias que podem ser formalizadas por meio do aplicativo “fale conosco” que é parte integrante do site www.procon.ms.gov.br, de watsapp com o número 9 9158 0088, pelo telefone número 151 ou, ainda, pessoalmente na sede do Procon Estadual na rua 13 de Junho 930.