Foragido acusado de matar esquartejar e queimar irmãs é preso na Linha...

Foragido acusado de matar esquartejar e queimar irmãs é preso na Linha Internacional

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Em um trabalho de cooperação entre a Guarda Civil Metropolitana de Fronteira e a Polícia Nacional do Paraguai foi preso nesta sexta-feira (14) na Linha Internacional entre Sanja Puitã e Ponta Porã Walter Andrés Torales Chamorro que era fugitivo da Penitenciária de Pedro Juan Caballero desde janeiro de 2020, quando participou da mega fuga juntamente com outros 75 presos ligados a uma organização criminosa.

Walter Torales é acusado entre outros crimes de sequestrar, torturar, matar, esquartejar e queimar as irmãs Adriana e Fabiana Aguayo Baez em junho de 2017. Em 2018 ele foi preso em Ponta Porã pela Polícia Militar e extraditado para o Paraguai onde cumpria pena até fugir no mais ousado plano de fuga da história daquele país.

As autoridades da fronteira chegaram até ele depois de um trabalho de investigação entre policiais dos dois países, já que depois da fuga Walter passou a morar em Ponta Porã e depois de descoberto passou a ser monitorado e acabou preso nesta tarde.

Ele passou por exame de corpo de delito no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero e depois de ser interrogado pelas autoridades paraguaias deve ser levado para uma penitenciária.