Foragido por crime de estupro é preso participando de pornografia infantil

Foragido por crime de estupro é preso participando de pornografia infantil

COMPARTILHAR
Wilian, volta para cadeia por crime semelhante (Foto: Osvaldo Duarte/Douradosnews)

Wiliam Aliendre Benites (29), morador em Itaporã, foragido da Justiça acusado de estuprar uma menina de 15 anos portadora de síndrome de Down, foi recapturado na tarde dessa segunda-feira (5) pela Polícia Militar em Dourados. Com a recaptura do indivíduo, a polícia descobriu o envolvimento dele com posse e divulgação de fotografias e vídeos armazenados contendo cenas de sexo explícito ou pornografia, envolvendo crianças e ou adolescentes.

Policiais militares foram acionados pouco depois de 18h para dar apoio a uma equipe da Agência Local de Inteligência (ALI) no Jardim Jockey Club, onde Wiliam, com mandado de prisão havia sido localizado. No momento em que foi abordado, os policiais perceberam que ele manuseava imagem em um celular que tentou esconder no momento da aproximação da equipe.

Verificando o celular que estava destravado, os policiais constataram imagens de crianças nuas expostas em um grupo de whatsap que ele participa por nome de “caldo de pollo”. A equipe questionou Wiliam sobre as fotos no celular e a respeito do grupo de pornografia do qual ele participa, quando relatou que não sabe como colocaram ele nesse grupo, mas que realmente trata-se de um grupo para expor somente fotos e vídeos de pornografia infantil.

Ele próprio relatou que na galeria do celular há várias fotos e vídeos de pornografia infantil que baixou do grupo que ele participa, diante da situação, os policiais apreenderam o celular encaminhando o indivíduo e o equipamento para a Polícia Civil onde responderá por crime de pedofilia.