Funcionário da prefeitura de Pedro Juan é morto por pistoleiros na fronteira

Funcionário da prefeitura de Pedro Juan é morto por pistoleiros na fronteira

COMPARTILHAR
Polícia e Perícia no local do crime.

Um funcionário da prefeitura de Pedro Juan Caballero foi assassinado na noite desta terça-feira (18) com vários tiros de uma arma automática. Saturnino Rojas Palácio foi alvejado quando saiu para ver o que estava ocorrendo na casa ao lado da dele no cruzamento das ruas Coronel Martinez com a General Diaz no bairro Guarani.

De acordo com as primeiras informações algumas pessoas chegaram de carro no local e abordaram outra e houve troca de tiros, Saturnino teria saído de casa para ver o que estava acontecendo e acabou sendo ferido por tiros no peito. Houve reação por parte de uma policial ainda não identificada e um dos atiradores teria ficado ferido e foi levado pelos companheiros juntamente com o homem abordado e levado como refém. Anderson Arial Silva Rodrigues, que estava nas proximidades e foi vítima de bala perdida, foi socorrido e está sendo atendida em um hospital da cidade.

Saturnino Rojas foi levado para o Hospital San Lucas onde morreu quando era atendido. Um filho dele identificado como David foi socorrido e levado para uma clínica particular. No local onde houve o confronto ficou uma caminhonete vermelha com placas AGX-02 do Paraguai, um telefone celular e um boné.

A Polícia Nacional do Paraguai está no local com dezenas de policiais e buscas já estão sendo feitas para tentar prender os pistoleiros e tentar encontrar o homem ferido. Hospitais e clínicas da cidade e da região estão sob vigilância.

Saturnino morreu no hospital.