GOI prende na Capital homem que matou a mulher com tiro de...

GOI prende na Capital homem que matou a mulher com tiro de espingarda

COMPARTILHAR
Homicida preso em flagrante na Capital por onde fugia.

Horas após matar a mulher a tiros no município de Terenos, Diogo Cardosos de Souza, 28 anos, foi preso em Campo Grande por policiais civis do Grupo de Operação e Informação – GOI. Na manhã de domingo (22), ele matou a tiro a companheira Erica Miranda Souza, 27 anos, na casa dela, localizada na Colônia Jamic. Erica foi assassinada diante dos filhos de 9 e 2 anos.

O crime teria ocorrido por volta de 23h de domingo na chácara, mas só foi descoberto na manhã desta segunda-feira (23) quando o filho da vítima foi na casa de uma vizinha e avisou que o “tio” havia matado sua mãe, sendo acionada a Polícia Militar. Policiais e Peritos ao chegarem na casa encontraram o filho menor da mulher dormindo abraçado ao cadáver da mãe atingida a tiro.

O menino mais velho relata que após atirar em sua mãe, o criminoso o levou até a sede da propriedade onde guardou a arma do crime e efetuou um telefonema. Em seguida voltaram ao local do crime e o homicida mandou o menino dormir com o irmão de 2 anos, junto “com a mãe que estava deitada na cama” e esperasse amanhecer para procurar ajuda.

Moradora na região disse para a polícia ter ouvido barulho de tiro na casa por volta de 23h. A arma do crime, espingarda 22, aparentemente foi retirada às escondidas da sede, pois foi encontrada em local diferente do usado pelo proprietário.

Por volta de 3h, Diogo procurou um dos vizinhos e pediu carona até o aeroporto de Campo Grande afirmando que seu pai, morador em outro estado havia sido assassinado. Horas depois, teria sido capturado pelo GOI quando tentava fugir de Campo Grande.