Governo vai liberar R$ 42 bilhões em contas ativas e inativas do...

Governo vai liberar R$ 42 bilhões em contas ativas e inativas do FGTS

COMPARTILHAR

Após a aprovação da reforma da Previdência no primeiro turno, o governo federal vai adotar medidas para estimular o consumo e aquecer a economia. Entre elas a liberação de saques de contas ativas e inativas do FGTS, que podem injetar até R$ 42 bilhões na economia.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmou a informação em viagem internacional, na Argentina, em entrevista à GloboNews. Além do FGTS, o governo deve liberar recursos do PIS-Pasep. A soma de todo o montante a ser liberado (PIS-Pasep mais FGTS), segundo Guedes, deverá ser de R$ 63 bilhões.

A porcentagem de saque das contas ativas vai variar de acordo com os recursos disponíveis. Trabalhadores que tenham até R$ 5 mil de saldo poderiam retirar 35% da quantia. De R$ 5 mil a R$ 10 mil, o índice desceria para 30%.

Os que têm entre R$ 10 mil e R$ 50 mil ainda não teriam porcentagem definida e acima do último valor, passaria para 10%. Após a antecipação dessas regras, o presidente Jair Bolsonaro disse que todas as regras serão divulgadas ainda esta semana.