Greve da enfermagem já conta com quase 80 unidades de saúde da...

Greve da enfermagem já conta com quase 80 unidades de saúde da capital

COMPARTILHAR
UPAs entre as unidades que deve ficar sem atendimento.

Com o início da greve da enfermagem previsto para as 11h da próxima quinta-feira (31), o Sindicato dos Trabalhadores Públicos em Enfermagem do município de Campo Grande (Sinte/PMCG) possui representantes de 78 unidades de saúde que confirmaram a paralisação dos serviços, aderindo à greve. Segundo a diretoria do sindicato, ainda não houve contraproposta oficial da prefeitura de Campo Grande para negociação sobre exigências do movimento grevista.

O serviço público de enfermagem será paralisado de forma total, salvo serviços de urgência e emergência, que adotarão a “Operação Tartagura”, seguindo o procedimento padrão de atendimento. Haverá a suspensão das atividades eletivas, como vacinação, coleta de exames e preventivos, etc. De acordo com o sindicato, o trabalho de mobilização ainda está acontecendo e que mais unidades de saúde podem aderir ao movimento.