Guarda Civil vai vigiar casa de mulher que fugiu da quarentena na...

Guarda Civil vai vigiar casa de mulher que fugiu da quarentena na fronteira

COMPARTILHAR
Vigilância permanente na casa da teimosa.

Antônio Coca

Homens da Guarda Civil de Ponta Porã estão fazendo revezamento em frente à casa da mulher de 41 anos que testou positivo para covid 19 e que por pelo menos duas vezes teria desrespeitado a ordem de se manter em casa durante a quarentena recomendada pelos médicos.

No sábado à tarde autoridades da prefeitura de Ponta Porã registraram um Boletim de Ocorrência contra ela por descumprimento de medidas sanitárias e o próprio secretário de Saúde do município, Patrick Derzi esteve na residência da mulher no Jardim Vitória para comunica-la de aquela deveria permanecer isolada.

Mesmo tendo sido notificada oficialmente, na noite do sábado ela teria deixado o local e ontem policiais civis e homens da Guarda Civil passaram o dia procurando por ela que não foi encontrada e voltou para casa no período noturno.

Agora o caso será investigado pelo 2º Distrito Policial que vai analisar onde ela esteve e com quem manteve contato. A mulher que não teve o nome divulgado poderá ser processada por colocar a vida de outras pessoas em risco e por quebra de medida sanitária.