Guardas que atuaram no Terminal Morenão, serão afastados durante apuração

Guardas que atuaram no Terminal Morenão, serão afastados durante apuração

COMPARTILHAR
Spray foi direcionado no rosto das pessoas. (Foto: Reprodução)

A corregedoria da Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social – Sesdes anunciou na tarde deste domingo que irá abrir procedimento administrativo contra a equipe de guardas municipais e tirá-los das ruas enquanto durar apuração de eventual excesso cometido durante manifesto de mulheres no Terminal Morenão na última sexta-feira (15). Através da assessoria, a Guarda Civil Metropolitana informou que todos os servidores da segurança ao serem investigados em procedimentos administrativos são imediatamente retirados do serviço de rua.

Já o principal responsável pelo problema, o Consórcio Guaicurus, alegou que não sabia que a maioria do comércio da Capital funcionaria no feriado, tendo um dos diretores inclusive quando questionado pela imprensa, alegado que a Agetran deveria ter avisado sobre a abertura o funcionamento de grande parte do comércio.